Destroy / Destruição

  Triste verdade.   “Olhe para nós. Tudo está ao contrário; tudo está de cabeça para baixo. Médicos destroem a saúde, advogados destroem a justiça, as universidades destroem o conhecimento, os governos destroem a liberdade, as principais mídias destroem as informações e as religiões destroem a espiritualidade.” – Michael Ellner   Fonte: …

Virgin / Virgem

Para pensar.

 

“Ancient moon priestesses were called virgins. ‘Virgin’ meant not married, not belonging to a man – a woman who was ‘one-in-herself’. The very word derives from a Latin root meaning strength, force, skill; and was later applied to men: virile. Ishtar, Diana, Astarte, Isis were all called virgin, which did not refer to sexual chastity, but sexual independence. And all great culture heroes of the past, mythic or historic, were said to be born of virgin mothers: Marduk, Gilgamesh, Buddha, Osiris, Dionysus, Genghis Khan, Jesus – they were all affirmed as sons of the Great Mother, of the Original One, their worldly power deriving from her. When the Hebrews used the word, and in the original Aramaic, it meant ‘maiden’ or ‘young woman’, with no connotations to sexual chastity. But later Christian translators could not conceive of the ‘Virgin Mary’ as a woman of independent sexuality, needless to say; they distorted the meaning into sexually pure, chaste, never touched.” Monica Sjoo, The Great Cosmic Mother: Rediscovering the Religion of the Earth

 

“Antigas sacerdotisas da lua eram chamadas “Virgens”, o que significava que não eram casadas, que não pertenciam a nenhum homem – uma mulher que era “uma-em-si mesma”. A própria palavra deriva de uma raiz latina que significa resistência, força, habilidade e foi mais tarde aplicada aos homens com a palavra viril. Ishtar, Diana, Astarte, Ísis eram todas chamadas Virgens, o que não se referia à castidade sexual, mas sim  independência sexual. E todos os grandes heróis culturais do passado, míticos ou históricos, teoricamente nasceram de mães virgens: Marduk, Gilgamesh, Buda, Osíris, Dionísio, Genghis Khan, Jesus – todos eles são ditos como sendo filhos da Grande Mãe, da Original, seus sábios poderes foram derivados dela. Quando os hebreus usaram a palavra, no original aramaico, significava ‘solteira’ ou ‘jovem’, sem as conotações sexuais a castidade. Mas, mais tarde os tradutores cristãos não poderia conceber a “Virgem Maria” como uma mulher sexualmente independente, nem preciso dizer; eles distorceram o significado em sexualmente pura, casta, nunca tocada.” -Monica Sjoo, The Great Cosmic Mother: Rediscovering the Religion of the Earth

Via And your little ugly world

Pagan / Pagão

  “Quando alguém define a si mesmo como um pagão isso significa que ele ou ela segue uma religião da terra ou da natureza, é alguém que vê a manifestação do divino em toda a criação. Os ciclos da natureza são os nossos dias santos, a terra é o nosso …